quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Retorno ao Evangelho

Bezerra de Menezes
(psicografia do médium Divaldo Franco, recebida em setembro de 2013)


Eis que vos foi dito: "Amareis aqueles que vos amam e odiareis aqueles que vos odeiam. Eu, porém, vos digo: Amareis aqueles que dos odiarem", para que estejais perfeitamene integrados no espírito da solidariedade.
Meus filhos, o Evangelho de Jesus tem regime de urgência na intinidade de nossos corações. Este é o século da tecnologia de ponta, da ciência, na sua mais elevada postura, mas haverá de ser também o século do amor. Devemos atrair o sentimento de amor para que ele produza a sabedoria em nosso ser.
Sereis muitas vezes hostilizados pela brandura de coração; sereis discriminados pela conduta rígida no cumprimento do dever; experimentareis ironia e descaso pela fidelidade a Jesus. Crede, é transsitório o carro carnal, e quando dele nos despojarmos a consciência irá conduzir-nos ao país do remorso ou ao continente das bem-aventuranças.
Vivei de tal forma que podereis olhar aqueles que vos criam embaraços nos olhos sem abaixardes as vossas vistas. É necessário muita coragem para esse logro. Assevera-se que aquele indivíduo que é bom, que é humilde, é um covarde. É necessário, porém, muita coragem para beber-se a taça da amargura, sem reprimenda, sem reclamação e transformá-la em licor que dê energia e vitalize a existência.
Não foi o acaso que vos convocou para o encontro desta hora em que a sociedade estorcega na impiedade, na loucura, na sexolatria, na toxicomania. Sede vós pacíficos e pacificadores. Produzi em vossos lares o reino dos céus, construí-o no aconchego da alma que está ao lado da vossa alma, dos filhinhos que vos foram confiados, cuja conduta será consequência da educação que lhes administrardes, em forma de paz.
...E encontrareis aa razão de viver nesse sentimento do amor pulcro e penetrante que irriga a vida de alegria, que ilumina as ansiedades com paz.
Filhas e filhos da alma: não desperdiceis o tempo que urge, e ele se chama agora. Não postergueis a vossa oportunidade de autoiluminação. Jesus já veio ter conosco. Hoje espera-nos e manda à Terra os Seus embaixadores para que nos levam de volta ao Seu doce aconchego e repita suavemente: "Vinde a mim e eu vos consolarei".
Ide de retorno a vossos lares, mansos e pacíficos, porque será assim que se dará início à era da regeneração, que vem sendo trabalhada desde o dia em que a Codificação chegou à Terra, quando o lobo e o cordeiro beberão da mesma fonte; quando os rosais colocaarão as suas pétalas para dentro dos lares; quando as sombras forem clareadas pelas estrelas luminíferas que fazem parte da divina corte.
Amai! O amor redime a criatura humana. E depois, discípulos de Jesus, o Mestre nos espera.
Muita paz!
Que o Senhor de bênçãos vos abençoe.
São os votos do servidor humílimo e paternal,

Bezerra.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!