quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Muito se pedirá a quem muito recebeu

Francisco Muniz

Todo mundo sempre recebeu e continua recebendo um tanto da misericórdia divina, a começar da oportunidade da reencarnação. Quando se trata das lições do Cristo, são os cristãos que primeiro devem se sensibilizar ante esse ensinamento - "muito se pedirá a quem muito recebeu" -, principalmente se não o põem em prática. Mas levando-se em consideração que nem todo mundo é cristão, embora todos sejamos espíritos reencarnados, há que notarmos que toda a população mundial tem a assistência dos Espíritos. A todo instante estamos recebendo conselhos e orientações que nos indicam o caminho a seguir, embora o respeito a nosso livre arbítrio. É que o ensinamento dos Espíritos se propaga por todos os cantos do planeta e retem, na linguagem que cada um pode entender, todas as máximas do Cristo, verdadeiramente o governador da Terra e pastor deste imenso rebanho que é a Humanidade inteira. Assim, é dever de todos nós partilharmos o que possuímos a fim de quitar nossos débitos contraídos perante as sábias leis, conforme o princípio da contabilidade entre nós: quem recebe, deve; quem paga, tem haver (crédito).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!