sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Benefícios do perdão

Irmã Rafaela

Perdoar aos ofensores, aos agressores, aos que nos fazem mal... o Cristo nos ensina a proceder assim, para que nos libertemos de nossas imperfeições e melhor nos comprometamos com os divinos desígnios. Já pensastes como seria o mundo se vivêssemos presos à ação da antiga e malfadada lei do "olho por olho e dente por dente"? Sim, o caos imperaria e não haveria a participação de Deus no destino dos homens, entregues que estariam à própria sorte, pelo comportamento tresloucado da própria ignorância.
Mas não é assim e um dia esse panorama, que ainda se observa na Terra, se modificará, porque cada homem, consciente de sua condição de humanidade, voltará os olhos para o Alto e fará no mundo a vontade de seu Pai, amando o próximo como a si mesmo. E esse dia está bem próximo - só não o veem as pessoas ainda aferradas ao egoísmo, responsável pela desatenção que ela têm para consigo mesmas. No entanto, o Senhor não quer a destruição de seus filhos e os chama continuamente ao bom caminho.
Vós tendes a oportunidade de observar as verdades se concretizarem todos os dias diante de vossos olhares atentos e assim percebeis que o momento é chegado: o momento de arregaçar as mangas e trabalhar duro no aprimoramento de vossos caracteres, continuando a obra do Cristo em vós e em torno de vós.
Temos vos exortado a manifestar coragem ante as dificuldades, mostrando que são parte do trabalho de autotransformação a que sois chamados, bem como são os testes que vos capacitarão a assumir novas incumbências perante o Cristo, em nome da divina Vontade.

***

Minha filha querida: não temas; os dias difíceis são uma espécie de purificação para tua gloriosa reentrada em nosso mundo de luz, tão diferente do que vives aí na Terra. Aprende, contudo, que as duas realidades são uma só, são ambas criações de Deus. Nada, efetivamente, acontece para te martirizar, mas tais acontecimentos te fortalecerão a alma, aformoseando-te perante teus amigos espirituais e também junto àqueles com os quais ainda tens contas a ajustar, por isso te perseguem. Mas dá a eles o teu amor, paga o mal que recebes com o bem de que és capaz e não esperes recompensa, retribuição alguma. Pensa no bem maior que vem de Deus e se derrama sobre todos e verás que não tens motivos para queixas.
Mas não desfaleças; teu físico sente o rigos das lutas, mas não te deixaremos cair. Olha para cima, para o céu que de dia recebe a visita do Sol e à noite se povoa de estrelas - e perceberás que a divina luz é mais intensa entre as trevas. Assim, para que temer? Temer o quê? És uma filha querida e tão amada de todos nós que não queremos sequer que chores, ainda que compreendamos tuas lágrimas.
Estejas em paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!