domingo, 11 de agosto de 2013

A bandeira da Caridade

Irmã Rafaela

Que a Mãe do Alto, nossa benquista Maria de Nazaré, nos anime na pra´tica do bem, na compreensão de nossa condição de instrumentos da Caridade junto aos necessitados de todos os caminhos, em nome da Divina Misericórdia representada pelo Cristo Jesus. Abençoados sejos vossos esforços e que a Divina Luz clareie vossas intenções e vossas ações todo o tempo.
Os dias passam céleres, quase não vemos mais o passar das horas, e isto significa que o trabalho se intensifica, especialmente para os servidores conscientes das responsabilidades assumidas junto ao Cristo. É dom de Deus que tenhais despertado para a realização de semelhante tarefa, meus filhos, e nossos corações se rejubilam por ver-vos animados de coragem para empunhar a bandeira da paz e da caridade, desfraldando-a primeiramente no altar de vossas almas.
Oh! quanto é doce a angústia, a alegre angústia dos que militam ao lado do Cristo, sob a orientação de seus diletos mensageiros! Sabemos de vossos secretos prantos, de vossas dores, de vossa renúncia para o bom cumprimento da missão. Tende fé e perseverai, porquanto a vitória sobre vós mesmos exige tal empenho.
Um dia fostes dos mais devedores e hoje tendes a oportunidade da quitação de vossos débitos contraídos perante as divinas leis. Alegrai-vos, pois, certos de que a Bondade Divina não esquece os filhos do Calvário. Renovai vossas forças e caminhai com denodo, tendo como meta o encontro feliz com o Cristo, que vos espera no campo sublime da Realidade espiritual.
Vossos irmãos de caminhada igualmente vos esperam, ainda que desconheçam que também precisam marchar para o mesmo destino, vestindo a túnica nupcial da integração nas obras do bem. Ide até eles, acalentando suas dores, desfazendo suas ilusões perturbadoras e asserenando suas angústias, a fim de que despertem e aprendam a ser mais doadores que receptores das divinas bênçãos.
Estamos convosco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!