quinta-feira, 18 de abril de 2013

Ação fraterna

Irmã Rafaela

É dando que se recebe, amigos, como bem disse o santo de Assis, a quem louvais com o nome de Francisco. E dois chamados a dar, portanto, como forma de merecerdes e mais receberdes da Divina Providência, como acréscimo de misericórdia. Doar-se, sem nada exigir, é a grande prerrogativa dos filhos de Deus orientados pelo Evangelho do Senhor, que a todos chama ao trabalho santificante como meio de reajustarem-se depressa ante os impositivos da Lei.
Tendes muito a fazer, ainda, nesse mundo que se debate entre as dores do parto, pois que um mundo novo, regenerado, surgirá das entranhas do mundo velho, que se despede em estertores de agonia, angústia e perturbação. Tudo isto observais com alguma perplexidade, mas importa saberdes agir proveitosamente em favor de todos, fazendo o melhor por vós mesmos, o que quer dizer esclarecer-vos de acordo com a luz da Verdade apregoada pelo Cristo através de seu novo mensageiro - o Espiritismo.
Saí a campo, pondo em prática vossas boas qualidades, a fim de cada vez mais desenvolverdes as virtudes que acalentais em vosso ser de luz, porquanto luminosa é toda a criação divina. Olhai para a frente e, de olhos bem abertos, vede a vereda pontilhada pelas alegrias esperançosas do porvir e, em meio a elas, as dores dos irmãos obcecados pelas ações da própria ignorância, enfermos que se encontram e necessitados da boa medicina da alma.
Não estareis sozinhos na jornada, bem sabeis, posto que as bênçãos celestiais caem incessantemente sobre vós, dando-vos o incentivo necessário para continuardes a tarefa. Pensai naqueles que não podereis ajudar diretamente e enviai a cada um deles um pouco de vosso sentimento amoroso, envolvendo-os docemente na luz que emana de vós em direção à humanidade sofredora.

***

Amiga de minha alma, filha querida, sossega teu coração e pensa que muitas vezes a paciência é a melhor solução de muitos problemas. Age pelo coração, abençoa com teus olhos, pacifica com teu carinho e perdoa com tuas mãos - se me entendes verdadeiramente.
Deus é o senhor de nossos atos - deixa, pois, que Ele, em sua soberana vontade, aja sobre sobre nós, fazendo-nos aptos para auxiliarmos a quantos nos exijam a colaboração.
Sossega teu coração e tua mente, pois nada está fora de controle, tudo se encaminha para um fim proveitoso e por isso mantenhamo-nos confiantes no supremo Amor.

***

Ficai todos em paz, na doce convivência com o amigo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!