terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Equilíbrio

Irmã Rafaela

Tudo à tua volta vibra pelo amor com que Deus marcou Sua criação. Os ares oferecem o alimento da alma e do corpo pela respiração; a terra fornece o sustento orgânico com sua produção vegetal e mineral; plantas e animais se sacrificam para proporcionar vitalidade aos homens; estes, contudo, desconhecem a riqueza de que desfrutam e malbaratam os recursos da Natureza, verdadeira mãe que em nome do Amor se derrama integralmente a benefício de seus filhos, sem lhes exigir reciprocidade.
No entanto, as divinas leis nos compelem à cooperação a fim de que os recursos disponíveis se renovem, em prol das gerações futuras. Agindo solidariamente, observando que não deve ambicionar tudo unicamente para si próprio, o homem terá cada vez mais, em abundância, ao passo que operando egoisticamente experimentará, mais cedo ou mais tarde, as agruras da escassez.
É preciso, pois, atuar sempre inteligentemente e, sendo o Espírito o ser inteligente da Criação, deve manifestar em si mesmo em torno de si essa condição, usando a razão e o discernimento como condutores de suas ações com vistas ao equilíbrio e à harmonia gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!