quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O irmão ao longe

Irmã Rafaela

Observas teu irmão ao longe e sequer imaginas que ele sofre, assoberbado com inúmeros problemas e sufocado pela angústia das relações conflituosas. Ele padece, muitas vezes, por ainda se encontrar em trevas, sem o devido esclarecimento a respeito da vida, que não se resume às expressões da matéria. da realidade física. Anseia ele pela resposta a suas dúvidas, pelo alívio de suas dores, pela tranquilidade da consciência. Com quem ele contará?
Observas teu irmão ao longe e ele talvez espere que te aproximes, inconscientemente desejando que tua presença seja o alívio e a resposta que ele tanto anseia. E na verdade o que acontece é a atração das almas, porquanto a dor busca o alívio, as trevas atraem a luz, a dúvida inspira a resposta e a morte pressupõe a Vida.
Não vão teus passos naquela direção? Não está teu pensamento direcionado a esse caminho? Não é tu um servidor do Cristo? E o Senhor pede sempre que caminhemos na direção do coração de quem sofre, de quem padece as dores da inconformação, porquanto a Verdade impõe-se sobre os enganos todos da vida e almas buscam e esperam pelo lenitivo.
Sê aquele, pois, que compreende e ajuda, que confia e trabalha doando-se em nome de Jesus, para o aperfeiçoamento da obra divina na Terra, expandindo as bênçãos do Céu a quantos ainda se sintam desamparados, esquecidos da realidade do espírito, da certeza de que Deus existe atraindo as criaturas para seu seio generoso, onde todos encontram paz e disposição para a renovação íntima.
Sê tu, então, a resposta viva do Amor junto aos irmãos desventurados, oferecendo tua palavra, tuas mãos solidárias e teu afeto fraterno, a fim de que cada vez mais a Terra se encha de esperança, pela reunião daqueles que comungam da Verdade e sobre eles se diga, no coro dos anjos: "Benditos os que vêm em nome do Senhor!"
Paz a todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!