domingo, 15 de abril de 2012

Canto de louvor

Eu canto, amigos, eu canto louvores a Deus, nosso pai, sempre misericordioso e atento às necessidades de cada um de seus filhos, todos bem amados por seu coração magnânimo. Eu canto, então, louvores e os convido a cantar cada vez mais alto, todos os dias. Cantemos; a vida é um belo e precioso cântico em louvor da grandeza do Pai. Cantemos, todos juntos, encarnados e desencarnados, um hino de gratidão e de comunhão com a Natureza, fazendo-nos participantes responsáveis das alegrias da Vida. Cantemos, amigos, cantemos o hino de paz e concórdia entre os homens, nossos irmãos, manifestando a solidariedade na mais perfeita noção de fraternidade, conforme preconizou o Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!