quinta-feira, 15 de março de 2012

O problema do mal


Léon Denis, o poeta-filósofo do Espiritismo, trata desse tema em seu livro "O problema do ser, do destino e da dor". O engraçado é que Denis divide sua obra em três partes: 1ª. - o problema do ser; 2ª. - o problema do destino; a terceira, esperava-se que fosse naturalmente o problema da dor, para fazer jus ao título e à proposta do livro, mas o arguto escritor explora "as potências da alma" no encerramento de seu trabalho. E é na segunda parte que ele considera o problema do mal, deixando claro, ou implícito, pelo menos, para nós que o problema do mal está na alçada da dor. Como preâmbulo de suas considerações, Denis inicia tratando da justiça e da responsabilidade, mostrando que é preciso estabelecermos as bases morais de nosso comportamento, ou de nossa passagem pela Terra, na compreensão das Leis Divinas, que nos impõem deterministicamente a necessidade de colhermos tudo o que plantarmos, ceitil por ceitil, como disse o Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra sua alma!